Sábado, 13 de Junho de 2009

Amor:

 

Quatro letras pequeninas,
Mas do tamanho do mundo.
Amor, a religião numa palavra.
Amor, a razão de ser da vida.
Amor, essência da criatura humana.
Amor, sinônimo de felicidade.
Se não tiveres amor em teu coração,
Procura-o no céu, nas flores, no luar,
Em outro coração, na fonte cristalina,
Na criança, na mãe, na juventude.
Procura-o sem cessar.
O mundo é aquilo que for o amor no teu coração.

 

publicado por Maria Glaene às 00:53
link do post | comentar | favorito

Anos dourados...

 

Anos dourados...
No coração bem guardados!!!...
Vou relembrá-los
No dia dos namorados!

Relembro com muita saudade
Seu olhar enamorado
Aquele beijo roubado
Amor e felicidade...

Relembro cada detalhe
Daquele primeiro encontro

Ainda os trago guardados
Com muito zelo e cuidado
São doces, lindos momentos...


 

publicado por Maria Glaene às 00:40
link do post | comentar | favorito

AMAR ASSIM

 

 

 

AMAR ASSIM
Emilia Possídio

 


Mas,
Se permitir amar,
Se deixar amar...
Um amor inteiro e verdadeiro,
Ainda que não seja o amor primeiro,
mas que tenha a segurança
De se estar com um real parceiro,
Um amante e companheiro.
Ah! Como é bom amar assim...
Com a grandeza
De se ter a certeza
Que se vive um encontro de almas.


Com o encanto
De se viver a beleza
Da troca de ternuras calmas;
Embaladas em sonhos que nascem
De um amar imenso
Que brota de corpos sedentos,
De beijos ardentes...
Da necessidade de se amar assim
Sem pensar se um dia terá fim


 

 

 

publicado por Maria Glaene às 00:32
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Junho de 2009

Pode ser...

 

 Pode ser...

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...

Mas, enquanto houver amizade.

Faremos as pazes de novo.

 

Pose ser que um dia o tempo passe...

Mas, se a amizade permanecer,

Um do outro há de se lembrar.

 

Pode ser que um dia nos afastemos...

Mas, se formos amigos de verdade.

A amizade nos reaproximará.

 

Pode ser que um dia não mais existamos...

Mas se ainda sobrar amizade.

Nasceremos de novo um para o outro.

 

Pode ser que um dia tudo acabe...

Mas, com a amizade construiremos tudo novamente.

Cada vez de forma diferente.

 

 

Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Sendo único e inesquecível cada momento

 

2dc5811d216b8283266ce19c4a8c08702.gif image by gotasdecarinho

publicado por Maria Glaene às 23:54
link do post | comentar | favorito

***De todas as coisas que desejo a você...***

 ***De todas as coisas que desejo a você...***De todas as coisas que desejo a você,
daria qualquer coisa se esses desejos se tornassem realidade...
Eu quero que você seja feliz.
Quero que você preencha seu coração com sentimentos de admiração e que ele esteja repleto de coragem e esperança.
Quero que você tenha amizades que sejam um tesouro e
um tipo de amor que seja bonito sempre.
Desejo à você satisfação:
Do tipo doce, calma e íntima que nos visita e nunca nos deixa.
Eu quero que você tenha sonhos e que todos eles se tornem realidade.
Quero que você aproveite ao máximo os momentos de sua vida.
Quero que você realmente entenda o quão único e raro você é.
Quero lembrá-lo que o sol pode desaparecer por alguns instantes,
mas nunca se esquece de brilhar.
Quero que você tenha fé.
Você deve ter sentimentos que são compartilhados com um
outro coração, prazeres simples entre esse mundo complexo
e objetivos maravilhosos que estão ao seu alcance.
As palavras que você ouve devem dizer as coisas que você precisa ouvir. E deve ter um rosto alegre olhando amorosamente para você,
quando olhar de relance para seu espelho.
Desejo a você o vislumbre de ver sua beleza interior e exterior.
Desejo a você doces sonhos.
Quero que você tenha tempo quando quiser cantar, dançar e gargalhar.
Quero que você seja capaz de melhorar seus bons momentos e
que você lide facilmente com seus maus momentos.
Quero que você tenha milhões de momentos quando encontrar satisfação nas coisas que você sabe fazer melhor.
E eu desejo encontrar uma maneira de falar para você, de maneira incalculável, como você é importante para mim.
De todas as coisas que lhe desejei, onde quer que você esteja e o quer
que você faça, nunca haverá um único dia no qual não desejarei o melhor....para você.

Collin McCarty

 

 

publicado por Maria Glaene às 19:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

NAMORAR...

***Namorar*Namorar é descobrir-se no espelho da alma do outro.
Uma busca constante em saber como fazê-lo feliz.
É um desejar permanente de agrado e entrega de carinho.
É sentir os sabores da felicidade, a energia da troca de afetos, o gostinho
da emoção.
É o brilho nos olhos, e às vezes rir sem motivo algum; chorar de alegria e viver
com o pensamento voltado sempre para o ser amado.
Às vezes ter uma pontinha de ciúme e preocupação, mas que não ultrapassa o
limite do bom senso.
É entregar-se, sem reservas, em benefício da felicidade do ser amado.
Enfim, é o pulsar do coração em toda a sua plenitude, de forma mágica e
muito especial.

 

Maria A S Jorge

publicado por Maria Glaene às 01:24
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

ALMAS GÊMEAS


Eu precisei viver mil vidas...

Mil vidas,  para encontrar uma

alma como a sua...

Viver mil vidas é um longo tempo...

Mas valeu a pena...

Aprendi..

Vivi...

Sofri...

Chorei...

Ri...

Ensinei...

Acreditava regressar sem

 haver te encontrado...

Encontrei-te...

É pouco apenas haver te encontrado...

Queria teu coração fundido ao meu...

Um sentimento...

Na mesma batida...

Na mesma pulsação...

Duas vidas batendo num só coração...

Não suportaria viver outras

 mil vidas sem você...

Reconheci você no primeiro instante que te vi...

Quando olhei nos teus olhos...

Neles ardem as chamas da outra

metade de minha alma...

Seja como for, do destino não se foge...

Seja como for, qualquer caminho

 me conduzirá a ti...

Porém esperar outras mil vidas seria terrível...

Mil vidas para encontrar uma

alma como a sua...

Valeu a pena esperar...

Dê-se uma chance...

Dê-me uma chance...

Ser feliz é possível...

Infeliz também...

Quem faz nossas escolhas somos nós...

(Autor: Fernando Alves Bittencourt F.)

 

 

 

publicado por Maria Glaene às 23:16
link do post | comentar | favorito

Aprendizado do amor

 

 

 

Diz a lenda que o Senhor, após criar o homem
e não tendo nada mais sólido para
construir a mulher, tomou um punhado de
 ingredientes delicados e contraditórios,
tais como:  timidez e ousadia,
 ciúme e ternura, paixão e ódio, paciência e
ansiedade, alegria e tristeza e assim
fez a mulher e entregou ao
 homem como sua companheira.

Após uma semana o homem voltou e disse:
-Senhor, a criatura que você me deu
faz a minha vida infeliz.
Ela fala sem cessar, me atormenta
de tal maneira, que não tenho
tempo nem para descansar.
Ela insiste que lhe dê atenção o dia inteiro...
e assim as minhas horas são desperdiçadas.
Ela chora por qualquer motivo.
E facilmente fica emburrada.

E as vezes fica muito tempo ociosa,
vim devolvê-la.
Por que não posso viver com ela.
Depois de uma semana o homem
voltou ao criador e disse:
-Senhor minha vida é tão vazia desde
que eu trouxe aquela criatura de volta.
Eu sempre penso nela:
como ela dançava e cantava,
como era graciosa e como me admirava.

Ela era agradável de se ver e de se acariciar.
Eu gostava de ouvi-la rir.
Por favor dê-me de volta.
-Esta bem disse o criador. E a devolveu.
Mas três dias depois o homem voltou e disse:
-senhor eu não sei, eu não consigo explicar,
mais depois de toda essa minha experiência
com essa criatura, cheguei a conclusão
que ela me causa mais problemas
do que prazer, peço-lhe de novo.

 Não consigo viver com ela.
O criador respondeu:
- Mas também não consegue viver sem ela.
E virou as costas para o homem
e continuou seu trabalho.
O homem desesperado disse:
-Como é que vou fazer?
-Não consigo viver com ela
não consigo viver sem ela.
E arremata o criador:
-Achei que com as tentativas
você já tivesse descoberto.



Amor é um sentimento a ser aprendido.
É tensão e satisfação.
É desejo e hostilidade.
É alegria e dor.
Um não existe sem o outro.
A felicidade é apenas
parte integrante do amor.
Isso é que deve ser aprendido.
O sofrimento também pertence ao amor.
A sua própria beleza é seu próprio fardo.
Em todo o esforço que se realiza para o aprendizado do amor é preciso
considerar sempre a doação e o sacrifício
ao lado da satisfação e da alegria.

A pessoa terá sempre que abdicar alguma
coisa para possuir ou ganhar uma outra .
Terá de desembolsar algo para
obter um bem maior, e melhor
para sua felicidade.
É como plantar uma árvore enfrente a uma
janela, ganha-se sombra mais perde-se
uma parte da paisagem.
Troca-se o silêncio pelo gorjeio
da  passarada ao amanhecer.
É preciso considerar tudo isto quando
nos dispomos a enfrentar o
APRENDIZADO DO AMOR.

 

 

 

publicado por Maria Glaene às 23:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

. Fernando Pessoa

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fernando Pessoa

. A Corrente Da Felicidade

. Amiga Maldita

. Escolhe

. Eco da Vida

. Consertei o Mundo

. Milho Bom

. A piscina e a cruz

. Anos dourados...

. ***De todas as coisas que...

blogs SAPO

.subscrever feeds